QUERO REFORÇAR O PESO DOS TRABALHADORES
NOS DEBATES POLÍTICOS
,
EU VOU VOTAR!

A CSL defende os interesses dos mais de 500.000 assalariados e aprendizes (residentes e fronteiriços) que trabalham no Luxemburgo, bem como dos reformados que ali tenham trabalhado.

Por conseguinte, a CSL é a sua voz no processo legislativo e em inúmeras instituições socioeconoómicas do país.

QUERO MANTER O MEU
PODER DE COMPRA
,
EU VOU VOTAR!

Para contrariar as tentativas de degradação social, a CSL formula tomadas de posição socioeconómicas. Comenta as evoluções económicas e sociais do país, que devem ser vigiadas atentamente pelos trabalhadores (redistribuição, inflação, custos salariais, etc.).

Neste contexto, a CSL pronuncia-se periodicamente sobre a adequação do “indice” que assegura o seu poder de compra. A CSL demonstrou que o “indice” não põe em causa a competitividade das empresas luxemburguesas.

Ela mostrou igualmente que aumentaram as desigualdades no Luxemburgo e que se impõem medidas políticas para contrariar esta evolução.

ESTOU PREOCUPADO(A) COM A MINHA REFORMA,
EU VOU VOTAR!

A CSL designa os seus representantes nas instituições da Segurança social como, por exemplo, a “Caisse nationale d’assurance pension” e a “Caisse nationale de santé”.

A CSL elabora tomadas de posição fundamentadas a favor da manutenção e do alargamento das prestações da Segurança Social.

No debate sobre as pensões, demonstrou que existem alternativas às degradaçães sociais empreendidas pela última reforma.

QUERO PROTEGER OS MEUS BENEFÍCIOS SOCIAIS,
EU VOU VOTAR!

Antes de o Parlamento votar uma lei relativa a trabalhadores e reformados, o Governo é obrigado a transmitir o texto à CSL para que esta emita o seu parecer. A CSL pode também elaborar propostas de lei.

Assim sendo, a CSL tem um papel importante no processo legislativo. Produz cerca de 80 pareceres por ano sobre diversos domínios: economia, fiscalidade, sociedade, segurança social, legislação do trabalho, habitação, ambiente, educação, formação profissional, etc.

Por exemplo, nos seus pareceres, a CSL criticou a reforma das prestações familiares, porque prevê uma redução dos montantes devidos às famílias numerosas e não institui um mecanismo de adaptação automàtico dos montantes.

QUERO ESTAR INFORMADO(A) SOBRE OS MEUS DIREITOS,
EU VOU VOTAR!

A CSL edita folhetos e newsletters eletrónicos que explicam os direitos dos trabalhadores:

  • despedimentos;
  • dias de folga;
  • pensões;
  • doença;
  • impostos;
  • etc.

Ali encontrará as respostas às suas questões do quotidiano e os modelos para apresentar quaisquer pedidos ou reclamações ao seu patrão ou às administrações.

A CSL publica igualmente informações sucintas nas redes sociais.

Estas publicações estão à venda nas livrarias a um preço módico ou podem ser descarregadas gratuitamente do sítio web www.csl.lu

ESTOU PREOCUPADO(A) COM O MEU FUTURO E O DOS MEUS FILHOS,
EU VOU VOTAR!

A CSL participa na organização da formação de base e da formação profissional contínua.

Sabendo que o desemprego e a falta de formação estão estreitamente ligados, a CSL oferece uma grande variedade de formações a todos os níveis e segundo diferentes conceitos (cursos pós-laborais e seminários de base e de aperfeiçoamento, formações universitárias em colaboração com estabelecimentos estrangeiros, certificados de competências, validações de experiências anteriores, etc.).

As disciplinas das formações são muito diversificadas: contabilidade, direito, informática, competências sociais, recursos humanos, finanças, etc.